Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

Toca

Poema inédito de Alice Coelho

Toca

Toca a pele com os dedos
Com a sinfonia de suspiros
Abandonada em teus medos
Inala histórias de vampiros
Toca a pele com os lábios
Com arrepios frios e febris
Em toques suaves e sábios
O rosto iluminado que sorris
Toca a pele com os olhares
Lânguidos, doces e sensuais
Nas lambidelas que filtrares
Em poemas e versos casuais

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorIncógnito
Próximo artigoVida
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -