Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Janeiro 21, 2022

125 cientistas pedem adiamento dos Jogos Olímpicos do Rio

rio
Segundo o documento, descobertas recentes sobre o vírus tornam “anti-ética” a manutenção das Olimpíadas na “cidade maravilhosa”.

Os cientistas pedem igualmente à OMS que reveja urgentemente as suas recomendações sobre o Zika, defendendo que o adiamento dos Jogos Olímpicos “diminui outros riscos trazidos por uma turbulência histórica na economia, governação e na sociedade do Brasil, que não são problemas isolados, mas que fazem parte de um contexto que torna o Zika um problema impossível de resolver com a aproximação dos Jogos”.

A carta foi assinada por 125 cientistas, médicos e outros especialistas de universidades como Oxford, Harvard e Yale. O documento cita o “fracasso” do programa de erradicação do vírus no Brasil e enfatiza o “fragilizado” sistema de saúde como razões principais para o adiamento ou transferência dos Jogos.

“Um risco desnecessário é colocado quando 500 mil turistas estrangeiros de todos os países acompanham os Jogos, potencialmente adquirem o vírus e voltam para a casa, podendo torna-lo endémico”, diz o texto.

 

Governo de Temer desvaloriza, OMS não comenta

Recorde-se que, ainda este mês, o Comité Olímpico Internacional defendeu não ver razões para adiar ou transferir as Olimpíadas por causa do Zika. A OMS ainda não comentou a carta.

Por seu turno, o governo brasileiro disse à BBC Brasil que o Zika está actualmente presente em cerca de 60 países e que a população brasileira representa “apenas 15 por cento das pessoas expostas”.

O governo de Temer afirmou ainda que a OMS não fez nenhuma recomendação para a restrição de viagens, com excepção para “as grávidas”.

Fonte: BBC Brasil

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -