Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

À direita também se paralisa

Guida Masco
Uma personalidade conhecida que prefere o anonimato

Greve greve que há direita também se paralisa e não é só da cintura para baixo e olha-me para o borracho do Bloco e para a dentuça da outra e mais a empresa dos jotas do CDS que tem mais milhões na fachada do que pelos há nas pernas de muito boa gente que eu vejo na praiaChamem-me lá o que quiserem mas uma mulher não é de ferro e entrar em Lisboa e ver o engenheiro Robles aquele borracho do Bloco logo à saída da autoestrada no cartaz para as autárquicas dá-me vontade de usar tudo menos o cartão de cidadão e os algarismos da coisa eleitoral e mais a mesa de voto embora já tenha experimentado sobre uma mesa e a gente não vamos para novos e agora não há nada que chegue a um bom colchão mas fiquei pelos pensamentos não sou assim tão lançada acreditem que só fiquei um pedaço amuada sou como o Jorge de Jesus que até quando está em primeiro na Liga está em segundo na Liga e a gente agora tem de ter cuidado com tudo pois os jornais coleccionam patranhas as revistas coleccionam restos de preservativos e pesquisas em motéis e os jornalistas fazem perguntas e não têm tempo para as respostas a Sandra Felgueiras que o diga nunca se percebe nada das entrevistas dela meia hora de perguntas e cinco minutos de respostas incompletas porque ela interrompe porque gosta de se ouvir e não se maquilhou para outra coisa alguém há de ganhar com isso e já repararam que as publicações periódicas enchem as páginas com o Coelho e a Cristas mas a Leal nem por isso e os outros candidatos ficam na cauda por falar em cauda o outro anda muito calado mas já deve ter saído das Seychelles e  por falar em cauda a Cristas está cada vez mais na mesma e lançou a moda de que não se pode andar em Lisboa e aquilo dos turistas e das casas mas não me parece que ela venha a Lisboa pelo menos como a Madonna de mota e a comer nas tascas e a cantar o Like a Virgen aquilo é que é memória pois lembrar-se de quando era virgem é digno daquela boazona ruiva  que faz a série de televisão Inesquecível sobre Carrie Wells uma detective da polícia de Nova Iorque que sofre de síndrome rara, hipertimesia, que faz com que a pessoa não se esqueça de nada e eu já me esquecia que o outro o que é culpado de tudo depois de ser homossexual e mulherengo e outras coisas agora também é drogado e parece que vai ser acusado porque tantos anos para fabricarem provas devem ter dado um jeitão e pior só a vida do William Carvalho que tem de ficar em Alvalade e aturar o homem do túnel por falar nisso já sabem da empresa dos jotas do CDS que não tem empregados nem receitas mas que aumentou o capital social para 29 mil milhões de euros a Yupido a empresa portuguesa que vale mais que as contas compradas pela EDP dos chineses pior era se eu fosse enfermeira os doentes bem podiam esperar  ou então se fosse juiz ou então se fosse doente lá ia eu para a greve que à direita também se paralisa que o diga o Wolfgang Schäuble que tem a cadeira de rodas pelo menos e nós a geringonça até ver e vou mas é tirar um mestrado na Católica desses do ranking do Financial Times ou comer umas sardinhas com a Madonna ou rir-me da Cristas coitada que até tem dentinhos de coelho salvo seja e ponto final

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -