Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Setembro 18, 2021

A vida….

Poema inédito de Alice Coelho

A vida….

A vida
Nem sempre é justa
A vida
Nem sempre é grata
Dia onde o nada é tudo
Tudo onde o dia é nada
De um sol de ouro
De uma lua de prata
Dum abraço apertado
Dum beijo molhado
Dum sussurro ouvido
Dum segredo guardado
Entretanto
Nem o eco se faz ouvir 
Como castigo implantado
Para alimentar um sorriso
Distante e desorientado
Sem alegres gargalhadas
Sorrisos ténues desmaiados
Que existem
Apenas porque hoje é o dia
O dia de nascer o Poeta.
O dia que nasce o Poema
A vida é muito injusta
A vida é muito ingrata.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorNavego
Próximo artigoSe……
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -