Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Novembro 28, 2021

Abril

Poema inédito de Alice Coelho

Abril

E o Abril trouxe águas mil
Trouxe saudades da revolução
E a pouca força da população
Trouxe também esperança em cravos vermelhos
E a voz dos bravos sumida e consumida
Trouxe poemas e canções
A liberdade cheia emoções
E pedaços de sol
Para cozer a mágoa dos nossos corações.
Trouxe tanto e tanto se perdeu
O que em nós nunca se esqueceu.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorA verdade
Próximo artigoAgora
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -