Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Janeiro 27, 2022

Processo para obrigar a Estado a construir hospital

Joaquim Ribeiro
Jornalista

António Moreira é advogado e membro da Assembleia Municipal de Torres Vedras pelo PSD. Recentemente promoveu uma acção em tribunal para obrigar o Estado Português a construir um novo hospital na sua cidade.

António Moreira

O autor alega que as actuais instalações não servem os utentes. A unidade torriense do CHO (Centro Hospitalar do Oeste), que integra também os hospitais de Peniche e Caldas da Rainha, é propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras e está alugada ao Ministério da Saúde por 20 mil euros por mês.

Na acção António Moreira recorda que o antigo Hospital Distrital “funciona num edifício construído há várias décadas, encontrando-se desadequado e inapto a cumprir essa função”.

Nos últimos anos várias especialidades médicas, entre as quais ginecologia, obstetrícia, pediatria e neonatologia “foram desviadas” da unidade, em resultado de um processo de reestruturação de serviços no CHO, com repartição de serviços entre as unidades de Torres Vedras e Caldas da Rainha.

Foto: DR

Receba a nossa newsletter

Contorne a censura subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -