Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

Bronze para Telma Monteiro

Depois de um percurso brilhante, mas que a deixou de fora da luta pelas medalhas de ouro e prata, a judoca portuguesa Telma Monteiro, de 30 anos, conquistou a sua primeira medalha olímpica, na final da Medalha de Bronze, batendo uma atleta romena.

Com vários títulos europeus, Telma Monteiro mostrou nesta final toda a sua experiência e garra para gerir a vantagem no encontro. Apesar de ter sofrido uma lesão no ombro a meio-tempo, Telma Monteiro foi sempre superior, garantindo de forma categórica uma medalha olímpica, que faltava no seu medalhado e vitorioso currículo.

Telma deixou mensagens especiais

“Foi um dia de completa superação. Vinha de uma lesão, fui operada há menos de cinco meses e meio, competi com o joelho ligado e o mais importante é que acreditei, lutei, não deixei que a idade ou que os Jogos Olímpicos que passaram, que me não tinham corrido bem, fossem um fantasma”, explicou.

“Lutei com tudo o que tinha e acreditei que se estava aqui era para fazer história pelo meu país”

Telma Monteiro dedicou a medalha de bronze a todos os que a têm apoiado, a família, o seu clube e aos treinadores. E também aos portugueses.

“Quero agradecer a todos por me apoiarem, é uma medalha que não é minha, é nossa, uma medalha de Portugal, que eu conquistei com sangue lusitano, com a raça, com o querer”

“A todas as crianças que me estão a ver, vale a pena lutarmos pelos nossos sonhos”

A medalha conquistada hoje por Telma Monteiro é a 2ª na história da participação de judocas portugueses em Jogos Olímpicos. Recordamos Nuno Delgado, que também conquistou o Bronze nos jogos em Sidney 2000.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -