Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Junho 24, 2024

Coisas do Calor

Eduardo Águaboa
Eduardo Águaboa
Escritor, Ensaísta, Comentador político especializado em ideias gerais

calor

Confuso, após a sua publicação, disse que não era essa a sua ideia.
Que pretendera apenas descrever uma brincadeira intitulada “Morte Por Acidente”!
– Mas depois não tive mão nele. Juro!

O critico, com o dedo apontou no livro onde ficava o lugar mais merdoso da história, mas tentou acalmá-lo.
– Realmente, isto está brutal, mas, repara, provavelmente, um vagabundo a menos…pensa assim.

É muito possível, anuiu o poeta – aliviado – «de facto era um malandro como não havia igual na cidade» … «mas…» … «mas cada vez que penso nesse poema sinto-me um bocadinho perturbado.»

– Não tinha necessidade de assassinar o cabrão.
– Pá, não fiques assim – insistiu o critico – o tipo, segundo a tua descrição poética, era um malvado e depois o calor faz com que um homem se lembre de cometer estas coisas ou lembrar a um homem que estas coisas fazem calor.

O poeta, perante este último argumento, olhou o crítico fixamente e começou a urdir o «Morte por Acidente II»

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anterior
Próximo artigo
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -