Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Dezembro 4, 2021

Coreia do Sul | Volkswagen investigada pelas autoridades

A traffic light shows red next to the Volkswagen factory in Wolfsburg
Procuradores sul-coreanos realizaram, esta Sexta-Feira, buscas nas instalações da Volkswagen e da Audi em Seul, capital do país, revelou a agência noticiosa Yonhap. Foram confiscados vários documentos e discos rígidos, e as residências de vários funcionários também foram visitadas pelos inspectores.

De acordo com a agência noticiosa AFPA, empresa emitiu um comunicado, onde afirmou “colaborar totalmente com a investigação”.

Estas buscas fazem parte de uma investigação sobre o escândalo dos veículos equipados com motores modificados.

Em Novembro de 2015, o governo sul-coreano exigiu à Volkswagen que retirasse do mercado mais de 125 mil veículos a gasóleo vendidos no mercado nacional, e impôs ao construtor alemão uma multa de 11,5 milhões de euros.

No fim do mês passado, Seul decidiu apresentar uma queixa criminal contra um executivo de topo da empresa, Johannes Thammer, director da Audi Volkswagen Korea, considerando que o grupo não estava a retirar do mercado os veículos equipados com motores falsificados; tratava-se do segundo processo no espaço de uma semana relacionado com o escândalo da manipulação de dados sobre emissões de poluentes.

O Ministério do Ambiente sul-coreano pediu ao Ministério Público que investigasse Terence Bryce Johnsson – responsável pelas vendas internacionais da Audi, do grupo Volkswagen — por ter comercializado veículos que violam as regulamentações ambientais do país.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -