Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Novembro 30, 2021

E os pré-nomeados para o Óscar de Melhor Filme estrangeiro são…

Paulo Portugal, Óscares
Son of Saul

Auschwitz contra o mundo

São já conhecidos os nove pré-candidatos ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, que assim avançam para a ronda definitiva da 88ª edição dos Óscares de Hollywood. A lista definitiva, bem como todas as nomeações para a 88ª edição dos Óscares de Hollywood, serão anunciadas a 14 de Janeiro, por volta das 13h30h, em Portugal (5h30 na manhã hora local), a partir do teatro Samuel Goldwyn, em Beverly Hills.

Um dos principais candidatos à lista final, e mesmo ao óscar respectivo, é o húngaro The Son of Saul/O Filho de Saul, de Lázló Nemes, vencedor do Prémio Especial do Júri, no passado festival de Cannes, abordando de forma sufocante a decisão de um sonderkommando (os guardas tarefeiros de Auschwitz) em enterrar uma criança que sobrevive à câmara de gás. A todos os níveis, um filme arrasador. A co-produção franco-turca Mustang, é igualmente um candidato a levar em linha de conta, quanto mais não seja pela actualidade que envolve o tema da mulher muçulmana na sociedade de hoje. Seja como for, a integração neste lote do colombiano Embrace of the Serpent, de Ciro Guerra, o primeiro filme rodado em plena selva colombiana em três décadas, sobre a extinção da cultura indígena no Amazonas, é uma excelente surpresa nesta short list. Registe-se que o filme havia ganho o prémio CICAE (International Confederation of Art Cinemas), em Cannes, durante a Quinzena dos Realizadores, para além de ter ganho diversos prémios internacionais.

De referir que as nomeações para esta categoria são definidas ao longo de duas fases: numa fase inicial, os diversos filmes submetidos entre meados de Outubro e 14 de Dezembro, são apreciados por uma comissão da Academia com várias centenas de membros que organizam uma lista dos seis títulos mais votados, a que se juntam mais três filmes escolhidos pelo comité encarregue da selecção, configurando assim os candidatos da shortlist. Lista essa que será reduzida a cinco títulos e cujos membros convidados, entre os dias 8 e 10 de Janeiro, irão visionar, avaliar o definir os eleitos.

 

Dos 80 filmes selecionados numa primeira fase, ficam então reduzidos à seguinte lista de pré-selecionados:

  • Bélgica, Le Tout Nouveau Testament/The Brand New Testament, de Jaco Van Dormael
  • Colômbia, El Abrazo de la Serpiente/Embrace of the Serpent, de Ciro Guerra
  • Dinamarca, Krigen/A War, Tobias Lindholm
  • Finlândia, Miekkailija/The Fencer, de Klaus Härö
  • França, Mustang, de Deniz Gamze Ergüven
  • Alemanha, Labirinto de Mentiras/Labyrinth of Lies, de Giulio Ricciarelli
  • Hungary, Saul Fia/Son of Saul, de László Nemes
  • Ireland, Viva, de Paddy Breathnach
  • Jordan, Theeb, de Naji Abu Nowar

Nota do Editor: Veja os trailers clicando no nome do filme, acima.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -