Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

“Eu cá, tu lá”. Encerra com presença de Pedro Moreira e Beatriz Batarda

Lançado no dia 25 de maio, com a presença da dupla de convidados Mônica Salmaso e Manuel Aires Mateus, o projecto “Eu cá, tu lá” deu o mote para oito conversas que exploraram o actual paradigma do tecido cultural português.

Na data que assinala o 50º aniversário do pianista e compositor Bernardo Sassetti, dia 24 de Junho, o ciclo de conversas encerra com a presença da actriz Beatriz Batarda e o saxofonista Pedro Moreira. A iniciativa, criada pela A tempo, vai decorrer pelas 21h45, na página de Facebook da produtora A tempo.

Sensibilizar o público para a necessidade de apoiar a comunidade artística e os seus profissionais que, devido ao surto de Covid-19, se viram privados de rendimentos por ficarem impossibilitados de exercer as suas funções, foi a principal motivação de todos os encontros proporcionados pelo projecto. Diferenciando-se da maioria dos eventos culturais que passaram a assumir um formato digital gratuito, as discussões culturais criadas pelo “Eu cá, tu lá” receberam vários nomes, como Catarina Furtado, Sérgio Godinho ou Rui Horta, entre outros convidados de relevo do panorama musical e das áreas criativas. Com as conversas sempre abertas à participação de todos, o projecto apela ao contributo com um valor simbólico a partir de 2 euros.

O total das contribuições feitas será adicionado a um valor estabelecido pela organização e dado aos convidados, para que estes possam decidir como o utilizar. As contribuições podem ser feitas, no decorrer da conversa ou posteriormente, através do site atempo.pt, por MBWay (917 603 179) ou directamente para o IBAN PT50 0010 0000 8398 5200 0016 7.

 

Mais sobre…

Pedro Moreira

Pedro Moreira é saxofonista, compositor, maestro e docente na Escola Superior de Música de Lisboa. Tem uma licenciatura em jazz pela New School University e um mestrado em composição pelo Mannes College of Music, em Nova Iorque. Actuou com o seu grupo em várias salas e festivais portugueses, assim como em vários países, na Europa, América e África. Colaborou igualmente com os grupos de Bruno Santos, Nelson Cascais, André Fernandes, Zé Eduardo, entre outros. Tem vários discos editados em nome próprio, mas também como colaborador de outros projectos.

Beatriz Batarda

Beatriz Batarda formou-se na Guildhall School of Music and Drama. Estreia-se no cinema em 1986 no filme Tempos Difíceis de João Botelho. Em 1994, lança-se no teatro na encenação de Luis Miguel Cintra de Um Conto de Inverno de W. Shakespeare. Dedica-se, paralelamente, ao ensino de Teatro desde 2005. Cria projectos teatrais e performativos desde 2007, ano em que fundou, com Marco Martins, o Arena Ensemble, um projecto de encontro artístico. Em 2012, fundou a Casa Bernardo Sassetti que continua a divulgar e a cuidar do espólio deixado pelo artista.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -