Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Setembro 23, 2021

Ideias simples podem dar grandes negócios

O primeiro passo para criar uma empresa é, obviamente, ter uma boa ideia. Este será o ponto de partida desde o qual se desenvolve o projecto empresarial. Mas nem todas as ideias são válidas, devem ser realistas, viáveis, e sobretudo ir de encontro às necessidades detectadas no mercado.

O que devemos ter presente é que nem sempre é preciso inventar algo de novo para se poder criar um negócio de sucesso. Na maioria dos casos, basta olharmos à nossa volta e descobrir uma necessidade/problema que ainda não tenha sido satisfeita/resolvida. Mesmo que o produto/serviço já exista, como por exemplo a oferta de estacionário ou a logística, poderemos sempre o oferecê-lo de outra forma que vá de encontro às necessidades não satisfeitas pela oferta actual aos potenciais clientes, como acontece em envelopesonline.pt, loja online que oferece uma vasta variedade de envelopes, embalagens e caixas para todo tipo de envios profissionais e pessoais com preços muito competitivos e entrega rápida.

São três os factores que permitem criar uma empresa de sucesso.

  • Para o seu produto/serviço ter sucesso é necessário que o mesmo seja desejado pelos clientes.
  • Tenha sempre em conta que deverá praticar no mercado um preço que lhe proporcione uma margem considerável para fazer face a todos os custos fixos que o seu negócio vai suportar e ainda ter lucro.
  • Nos dias de hoje o empreendedor está mais interessado num negócio sustentável a longo prazo (entre 10 a 20 anos), do que num negócio de ocasião, mesmo sendo este rentável.

A maioria dos negócios fracassa porque as empresas abandonam os seus clientes, ou porque os clientes as abandonam. Uma base de clientes saudável é fundamental para que a longevidade das empresas seja maior. Mas como é que as empresas podem construir uma base de clientes rentável?

Em primeiro lugar os clientes não vão comprar os seus produtos/serviços, se não souberem que eles existem. Investir no conhecimento da sua marca torna-se assim numa actividade de extrema importância. Em segundo lugar esse conhecimento terá de levar o cliente à aquisição, que por sua vez aumentará a sua base de dados e lhe ajudará a crescer. Por fim, mas não menos importante temos a retenção, o objectivo de qualquer empresa é reter os clientes pelo maior tempo possível e assim conseguir vendas repetidas.

As pessoas não compram um produto/serviço que não conhecem, geralmente compram o que lhes é mais familiar. Muitas vezes os consumidores fazem escolhas só porque estão mais familiarizados com um produto/serviço do que outro. Neste sentido torna-se essencial que a comunicação seja eficaz e que consiga levar o consumidor a comprar. De seguida importa definir estratégias de retenção e fidelização de clientes que sejam eficazes, pois só desta forma a empresa conseguirá crescer de forma sustentável.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -