Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 23, 2021

Indecisos? Confusos? A gente ajuda…

João Vasco AlmeidaAmigos indecisos: só há uma razão para não haver segunda volta. A razão é haver campanha eleitoral para a segunda volta. Mais quinze dias de Marcelo calado e Sampaio da Nóvoa a citar os poetas andaluzes de ahora fará sangrar qualquer tímpano. Era bom que se resolvesse tudo já e voltasse a coisa à normalidade, que a dona Teresa da Quinta e o Benfica andam a perder tempo de antena precioso.

Disto isto, só estamos aqui à espera de perceber, segundo as sondagens, se a Miss Marcelo consegue limpar isto por 50 por cento mais um voto ou se Nóvoa lhe estraga o jantar dominical. E pode estragar, segundo as sondagens.

Sampaio da Nóvoa foi, de todos os candidatos, o mais certinho. Marisa aquela que aparenta mais rasgo mas que usou maior dose de demagogia, Maria de Belém não se percebeu ao que ia e, finalmente, Henrique Neto não disse uma única asneira.

Se já decidiu votar Marcelo, o resto do texto não é sobre ele e podemos combinar segunda, à mesma hora, pago eu os cafés. Mas se ainda está às voltas, permita-me opinar, mas não aconselhar, esta reflexão séria e por pontos.

Vote Sampaio da Nóvoa se quer mesmo que ele seja Presidente ou se não admite sequer a ideia de ter Marcelo em Belém. Não será mau como Chefe de Estado mas só no segundo mandato se soltará. Andará às apalpadelas no primeiro, sem a independência que anuncia, porque se comprometeu com o PS. Isso não é mau nem tragédia nenhuma. Mas atente que um independente comprometido com um partido está mais próximo do partido do que um ex-militante. Soares e Jorge Sampaio mandaram à fava, muitas vezes, o PS, porque podiam.

Vote Maria de Belém se quiser, mas depois não se qDebate Marcelo Novoa (7)ueixe de ter sido enganado. A senhora é um doce, uma simpatia, mas é a que exercerá o mandato de modo mais parecido com Cavaco Silva. Por isso, pense bem e, se gostou de Cavaco e Marcelo é perigoso, vá a botar na advogada.

Vote Marisa Matias se quer que o governo PS fique em sentido com o Bloco e se deseja ter uma Chefe de Estado que envelhecerá trinta anos no primeiro mandato. Vir do poder reivindicativo para o poder factual, sem poder mexer-se muito por causa das curvas que a política tem, das armadilhas e das traições, desgastam qualquer um, mesmo que sejam brilhantes. Atente na careca de Passos.

Vote Edgar Silva se quer reconhecer o trabalho fabuloso deste homem na comunidade madeirense. Se deseja um humanista muito próximo da teologia da libertação, se concede o benefício da dúvida a que resistirá às pressões de um Comité Central dividido entre passado e futuro. Se aguenta discursos de púlpito sem adormecer.

Vote Henrique Neto. Se ouviu e leu alguma coisa do que este socialista disse, então votará nele, a não ser que ainda esteja aí detrás da orelha aquela coisa dos impostos e se foi ver quando é que os moldes mais cresceram. Mas Henrique Neto não tem nada a ganhar com a Presidência. Foi português durante 79 anos e sabe muito, o que pode ser uma vantagem.

O Tino merecia um bom resultado pela sua quase total espontaneidade. O Morais não se cala e nem um voto lhe daria. O senhor doutor pode ser muito bom homem, mas veio armado em inquisidor geral – e isso é mau,

Resta o Sequeira. Mas começo-me a rir sozinho e não consigo escrever-vos nada sobre ele, mal me lembra aquele discurso todo, mais os óculos, mais… enfim, Sequeira, amigo, pontapé no rabo e anda prá frente!

Agora, se não vai lá, nem que seja desenhar o Obelix, depois não se queixe. Mesmo.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -