Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Julho 17, 2024

InShadow em Lisboa: arte contemporânea deseja chegar a todos os públicos

O Festival InShadow continua no Teatro Municipal de São Luiz, em Lisboa, até domingo, 6 de Dezembro. A arte contemporânea tem o papel principal nas componentes de vídeo-dança, espectáculos, instalações, workshops e laboratórios de actividades criativas.

Cartaz In ShadowDia 5, os portugueses António Cabrita e São Castro apresentam “Play False”, dança que conquistou o Prémio Autores 2015 na categoria de Melhor Coreografia, num espectáculo que inclui áudio-descrição e é inspirado na fisicalidade do corpo como “montra” da condição humana, inspirado em personagens de William Shakespeare. Às 22h, decorre uma sessão especial que apresenta, em estreia mundial, o vídeo-dança FOR VOID, uma co-produção da Vo’Arte e da Companhia Nacional de Bailado, seguindo-se a entrega de prémios deste ano. Até às 23h30 deste sábado, as instalações poderão ser vistas e experimentadas pelo público: “Grotesques” de Ellen Wetmore (EUA); “unnamed soundsculpture”, de onformative (Dinamarca); “Here But No Here At All At The Same Time”, de Daz Disley&Fenia Kotsopoulou (Reino Unido); “Orb1t X” de Moisés Moricoli e Glória Rós (Holanda); e “Box” de António Cabrita e São Castro (Portugal). À meia-noite, os Sounds Like Curry, conjunto de DJ’s e bailarinas, actuará na festa de encerramento. Carina Martins apresenta, também até dia 5, a exposição “Diálogos Em Lugares Não Imaginados”, uma mostra de fotografias de sua autoria, no Espaço Santa Catarina.

A 6 de Dezembro, decorre um Laboratório de Actividades Criativas para toda a família, às 15h30, bem como a exibição de filmes de animação.

Em paralelo, decorrem as seguintes exposições: até 19 de Dezembro, o português Henrique Frazão mostra “to be”, um conjunto de fotografias na Galeria B21. O público poderá ainda visitar “Cazenga vs. Luanda”, de Pierre Larauza (Bélgica) e t.r.a.n.s.i.t.s.c.a.p.e. (França), que mostram as suas fotografias até dia 16 de Janeiro de 2016 na Plataforma Revólver. Por sua vez, Joanna Latka, da Polónia, apresenta “Das Sombras e do Nevoeiro”, um conjunto de gravuras e desenhos, na Galeria das Salgadeiras, até 9 de Janeiro de 2016.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -