Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Portugal: 16º Melhor Estado do Mundo

José Mateus
Analista e conferencista de Geo-estratégia e Inteligência Económica

portugal-16-grafico-2

 

O ranking da fragilidade dos Estados é liderado pela Somália (o pior) enquanto a Finlândia (na última posição, a 178ª) é o melhor. A posição portuguesa, neste ranking do Fund for Peace e da Foreign Policy, é a 163ª, à frente da Espanha, da Inglaterra e também, por exemplo, da França e até dos Estados Unidos.

“Segurança”, “Legitimidade do Estado” e “Direitos Humanos” são dos nossos melhores indicadores enquanto o pior indicador e aquele que nos impede de integrar o Top-10 dos Estados menos frágeis é “Pobreza e Declínio Económico”. Neste indicador, a nossa posição é a 59ª… O outro péssimo indicador é o dos “Serviços Públicos” (30ª posição).

portugal-16-grafico-1

Vale a pena examinar bem os indicadores portugueses neste ranking para perceber o que são pontos fortes do Estado Português e, sobretudo, o que são os seus pontos fracos aqui identificados (sem esquecer outras graves vulnerabilidades aqui não tidas em conta e, portanto, não referidas).

Da Lusofonia, o Estado mais frágil é, como facilmente previsível, a Guiné-Bissau (o 17º dos Estados mais frágeis), seguido de Timor (em 35º), Angola (37º), Moçambique (42º), Guiné-Equatorial (53º), S.Tomé (94º), Cabo Verde (101º) e Brasil (117º).

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -