Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Dezembro 3, 2022

Será possível? As chances do FC Porto na Liga dos Campeões, segundo as casas de apostas

Na última eliminatória da Liga dos Campeões, o FC Porto surpreendeu tudo e todos ao levar a melhor sobre a Juventus de Cristiano Ronaldo.

Com presença garantida nos quartos da prova milionária pela segunda vez em três anos, a equipa orientada por Sérgio Conceição tem pela frente o Chelsea, um clube inglês histórico que passa por um claro período de recuperação.

Segundo o site de compilação de probabilidades Oddschecker, o FC Porto tem poucas hipóteses de passar à próxima fase. Com uma odd de vitória de +325 e uma odd de empate de +260, os “dragões” são tidos como a equipa menos favorita à conquista da competição na atual fase da prova. Nós decidimos analisar os pontos fortes e fracos de Chelsea e FC Porto para perceber até que ponto vale a pena tirar partido do Código Bonus Betclic para apostar na equipa portuguesa em Abril.

Presença assídua na fase a eliminar da Liga dos Campeões, o FC Porto é a equipa portuguesa mais bem-sucedida na Europa desde que a competição foi remodelada. O FC Porto foi a última equipa portuguesa a vencer uma competição europeia (a Liga Europa, em 2010/11) e a única a levar para casa o troféu do atual formato da liga milionária (em 2003/04, sob a alçada de José Mourinho).

 

Chelsea ganhou “nova vida” após a chegada de Tuchel

Desde que o lendário Frank Lampard foi despedido do cargo de treinador principal do Chelsea, o clube inglês reencontrou a melhor forma graças ao bom trabalho de Thomas Tuchel. O treinador alemão, conhecido pelas suas passagens pelo Dortmund e pelo PSG, trouxe aos ingleses um estilo de futebol mais maturo e paciente e tem sido brilhante na gestão do plantel.

O treinador alemão (finalista vencido da última edição da Liga dos Campeões) derrotou de forma categórica o Atlético Madrid de João Félix na eliminatória dos oitavos, graças a um sistema coeso com 3 centrais que contou com um ataque móvel e inspirado, com os reforços Kai Havertz e Ziyech a jogar no apoio ao ponta-de-lança Timo Werner.

A chave do sucesso da equipa, no entanto, encontra-se no meio-campo, onde a dupla Kanté-Kovacic tem sido brilhante. Kanté garante solidez defensiva e tem muita chegada ao ataque, enquanto que Kovacic é um dos melhores médios do mundo a transportar a bola em situações de contra-ataque e a trabalhar defensivamente para a equipa (não foi por acaso que o croata foi eleito ‘jogador do ano’ pelos adeptos do Chelsea em 2020).

 

Será possível?

Prevêem-se muitas dificuldades para o FC Porto de Sérgio Conceição. A equipa do Chelsea defende muito melhor do que a Juventus e não se expõe tanto no momento da posse. Conta além disso com uma caraterística forte que escasseia em equipas italianas: uma defesa não só fisicamente agressiva como extremamente rápida, que tem tido como destaque o “gigante” alemão Antonio Rudiger.

Para contrariar as probabilidades e passar às semifinais da Liga dos Campeões, o FC Porto terá que jogar de forma praticamente perfeita, defender com muita solidez e atacar com eficácia. As oportunidades frente ao Chelsea serão menos do que frente à Juventus, até porque o clube inglês já assumiu ter plena noção da qualidade do 11 portista.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -