Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022

Terminou a primeira fase do “complicado” Campeonato de Portugal Prio

Prio

Terminou este sábado, 23 de Janeiro, a primeira fase do Campeonato de Portugal, em futebol. Em algumas séries só nesta última jornada ficaram decididos quais os clubes que passaram para a fase de subida de divisão. Foi o caso da série G, na qual havia ainda seis clubes com hipóteses de ocupar as duas vagas.

Nesta série G o Casa Pia ganhou em casa ao Atlético da Malveira por 3-0 e garantiu o primeiro lugar. Em segundo ficou o 1º Dezembro, que foi a Massamá derrotar o Real por 1-2.

Na série A, Bragança e Vilaverdense venceram as respectivas partidas e mantiveram os dois primeiros lugares. Na B, o Fafe empatou e o Vizela ganhou, mas os dois conjuntos já tinham garantido o apuramento para a segunda fase antes desta derradeira jornada. O mesmo aconteceu na série C, com Gondomar a Pedras Rubras apurados, embora se tenham despedido da primeira fase com uma derrota cada um.

Na série D o Estarreja já estava apurado há várias jornadas, com 13 pontos de diferença para o segundo classificado. O Anadia, que estava em quarto lugar e necessitava de vencer nesta jornada, goleou em casa o Oliveira de Frades por 7-1 e ficou apurado, beneficiando do empate do Sanjoanense e da derrota do Lusitano.

Estas oito equipas vão agora disputar a segunda fase, agrupadas na zona norte. Na zona sul ficam as outras oito equipas apuradas nas restantes quatro séries.

Na série G já destacámos os apuramentos de Casa Pia e 1º Dezembro. Na série E apuradas duas formações dos Açores, o Praiense perdeu mas já estava apurado e o Angrense derrotou o Pampilhosa por 2-1 e segurou o segundo lugar. Quanto à série F, jogo grande entre os dois primeiros classificados. O União de Leiria, que já estava destacado no primeiro lugar com 12 pontos de avanço, perdeu no campo do segundo classificado, o Benfica de Castelo Branco, por 1-0. Ambos os conjuntos seguem para a fase de subida e o Caldas, que ainda tinha hipótese de chegar ao segundo lugar, não foi além do empate a uma bola no terreno do penúltimo classificado, o Águias do Morandal.

Finalmente na série H, o Cova da Piedade já estava destacado na liderança e venceu no Barreiro por 0-2. A luta para o segundo lugar resumia-se a duas formações alentejanas, ambas venceram mas o Moura segurou a vice-liderança graças ao ponto que já tinha de vantagem sobre o Atlético de Reguengos.

Esta prova é agora a única amadora a nível nacional entre os campeonatos distritais e os profissionais, depois da criação, a época passada, do Campeonato Nacional de Seniores. Já no decorrer desta temporada passou a designar-se Campeonato de Portugal Prio, mas o figurino manteve-se.

Depois de uma primeira fase com oito grupos, com dez equipas cada, segue-se uma segunda fase, que tem início a 14 de Fevereiro.

Os dois primeiros classificados de cada série formam dois campeonatos, a zona norte e a zona sul. Os vencedores de cada uma destas zonas sobem de divisão e vão disputar o título de campeão numa final a realizar em campo neutro. Os clubes classificados em segundo lugar de cada zona jogam entre si dois jogos, em casa e fora, cujo vencedor sobe à 2ª Liga e o derrotado fica no Campeonato de Portugal. As restantes equipas voltam na próxima época para o mesmo campeonato.

Na fase de manutenção / descida o figurino é ainda mais complexo. Todas elas ficam nas mesmas séries, de A a H, e jogam outro campeonato entre si, mas sem as duas que ficaram em primeiro lugar na primeira fase (cada série passa a ter oito equipas em vez de dez). Para esta fase levam metade dos pontos conquistados na primeira.

No final, os dois últimos clubes de cada série descem automaticamente aos campeonatos distritais. Os oito classificados em sexto lugar vão disputar uma liguilha, cujo emparelhamento será ditado por sorteio, em que as equipas disputam uma eliminatória a duas mãos. As quatro equipas vencedoras ficam no Campeonato de Portugal, assim como as restantes classificadas entre o primeiro o quinto lugar, ao passo que as quatro que perderem na liguilha descem aos distritais.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

VER…

Boa pergunta

Crónica de Trump

- Publicidade -