Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Novembro 27, 2021

Apelo a petição: Grand Canyon em risco

Grand Canyon

O Grand Canyon, nos EUA, pode estar à beira de uma mudança significativa – e não para melhor.

Corre na internet uma petição para impedir que a indústria mineira não instale uma exploração de urânio radioactivo perto daquela formação rochosa. O site de petições públicas Avaaz revela que interesses da indústria estão a fazer lobby junto das autoridades no sentido de um retrocesso numa moratória, conseguida pelas tribos nativas dos EUA e grupos de conservação da natureza, para evitar este tipo de intervenção.

Basta uma assinatura do presidente, Barack Obama, para tornar a moratória permanente e impedir a abertura de explorações mineiras no Grand Canyon. As organizações ambientalistas alertam que explorar urânio é mau para a região, não só pela emissão de radioactividade no ar, mas também pela emissão de lixo tóxico. Reforçam que todas as minas de urânio no país tiveram que ser submetidas a operações de limpeza de resíduos tóxicos. O Grand Canyon, acrescentam, é um ecossistema frágil já sobrecarregado, tornando-o um dos locais mais ameaçados dos EUA, e uma exploração mineira daquele tipo poderia afectar o rio Colorado, que corre entre a formação rochosa: o rio ficaria contaminado e acabaria por matar as florestas antigas naquela região, afectando de forma irreversível espécies como o condor californiano. Geólogos afirmam que limpar tal contaminação seria virtualmente impossível, uma vez que os aquíferos que alimentam o Grand Canyon estão a muitos metros abaixo da superfície.

Onze tribos locais, para quem o Grand Canyon é um local sagrado, apoiaram uma proposta legislativa que protegeria permanentemente aquela formação rochosa; porém, apesar de existir uma lei para ser aprovada no Congresso dos EUA, só uma aprovação presidencial poderia torná-la realidade. Os subscritores elogiam o apoio de Barack Obama às causas das tribos nativas, mas apelam a que a comunidade internacional assine a petição, fazendo assim mais pressão sobre as autoridades, de forma a impedir que as empresas mineiras que exploram o urânio possam reabrir, sem terem de consultar as autoridades tribais.

O link para a petição é:

https://secure.avaaz.org/en/dont_mine_the_grand_canyon_4/?btUuZcb&v=71855&cl=9330460286

Basta escrever o seu endereço de mail e seleccionar  “SEND

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -