Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023

Do outro lado

Poema inédito de Alice Coelho

Do outro lado

Do outro lado do Paraíso
Dormem as andorinhas
À espera do meu sorriso
Entre as ervas daninhas

Do outro lado do Mundo
Onde moram outras aves
Longe do mar onde afundo
Teus movimentos suaves

Do outro lado do espelho
Uma história bem contada
Num altar onde me ajoelho
Dentro da memória sentada

Do outro lado de uma vida
Como num filme ou película
Sem chegada ou despedida
Sem prontidão ou detalhes
Ávida de sede em fonte pura
Ser inteira sem abreviatura.

Do outro lado de mim mesma
Há a pressa do Eu
E a lentidão da lesma


Foto: David Hamilton


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -