Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

Entre

Poema inédito de Alice Coelho

Entre…

Entre a manhã e o entardecer
Fica o aparecer e o esconder
E a incongruência do olhar que se esvai
Na sombra perdida do dia
Que ora vem ora vai
Em busca da poesia escrita em estrofes
E tocada em suave melodia
Numa dança de palavras
Que viajam em doce fantasia.
Acordo estremecida
E adormeço enternecida
No baloiçar de sorrisos e confissões
Estimuladas pela ousadia
Tão soberba e reprimida.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorO fragmento (Eu)
Próximo artigoOs Olhos da Vera Kace
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -