Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Novembro 27, 2021

Espanha | Mariano Rajoy diz “não” ao rei

Filipe VI e Rajoy
Mariano Rajoy disse “não” ao convite feito por Filipe VI para formar Governo. O líder do Partido Popular espanhol afirmou no entanto “não renunciar a nada”, justificando à imprensa o declinar do convite com o facto de “ainda não ter os apoios”. Rajoy alega que tem uma “maioria absoluta” contra ele, mas que vai trabalhar para que a opção que representa seja aceite. Entretanto, a Casa do Rei enviou um comunicado, anunciando que Filipe VI vai iniciar nova ronda de consultas com os representantes dos grupos parlamentares a partir de dia 27 de Janeiro.

A decisão foi anunciada depois do presidente do Congresso hispânico, Patxi López, ter ouvido do próprio monarca espanhol a escolha do ainda Primeiro-Ministro do país para formar o próximo Governo. Este caso acontece após uma ronda de negociações encerradas hoje. Recorde-se que o monarca recebeu, no Palácio da Zarzuela, os principais líderes partidários, com vista à indigitação do próximo Primeiro-Ministro espanhol.

A imprensa do país vizinho avança que Pablo Iglesias, do movimento Podemos, anunciou ter sugerido um pacto com o PSOE e Izquierda Unida, para formar um executivo presidido pelo líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sánchez, sendo o próprio Iglesias vice-presidente. Por sua vez, Sánchez, do PSOE, também se reuniu com o rei espanhol e na conferência de imprensa que se seguiu, afirmou que ponderaria a coligação com Podemos no caso de Mariano Rajoy, líder do PP, fracassar na primeira investidura como chefe de governo. Mariano Rajoy, ainda Primeiro-Ministro espanhol, também se reuniu em Madrid com o monarca, e numa conferência de imprensa, o vice-secretário do partido, Fernando Martínez-Maíllo, defendeu a investidura do líder popular como presidente do executivo espanhol e criticou Pedro Sánchez, dizendo que este é “um problema” e que “quer salvar-se a si mesmo às custas de Espanha”. No entanto, falou de uma “oferta generosa e valente” ao líder dos socialistas, que teria muita dificuldade em recusar.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -