Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Informação e Responsabilidade

Rui Amaral
Rui Amaral
Gestor de Empresas

Rui AmaralO Correio da Manhã de 10 de Junho publica um artigo sobre a nossa selecção.

Para além das usuais informações sobre os jogadores, elementos sobre a sua chegada a França dá conta das primeiras actuações policiais relativamente aos adeptos que furaram os cordões de segurança para chegarem aos seus ídolos.

São notícias que informam e são pedagógicas ao chamar a atenção para comportamentos proibidos, para a reacção das forças de segurança e para o endurecimento em situações futuras.

Publica ainda o croqui do hotel onde está a selecção e da sua zona circundante.

Fica-se a conhecer a planta do piso onde os jogadores estão alojados, planta da sala de refeições, dos WC, do jardim, da piscina etc.
Cereja em cima do bolo, identifica o quarto de cada um dos nossos jogadores.

euro2016-1

Num Europeu rodeado de fortes medidas de segurança cabe perguntar:

– onde começa e acaba o dever de informação?
– onde começa e acaba a responsabilidade dum órgão de comunicação?
– onde começa e acaba o bom senso?

Parece-me uma grande irresponsabilidade e uma boa forma de minar a liberdade de informação a publicação deste croqui.

O jornal e o jornalista devem saber avaliar o valor da informação, o seu interesse para o leitor e as consequências daquilo que noticia.
É importante saber qual é o quarto do Ronaldo? É importante assinalar a sua localização? Para além de ser uma quebra grave de segurança, de potencialmente colocar em risco os nossos jogadores é dum “voyeurismo” gratuito.

Situação bem diferente a do treinador do Bayern de Munique que repreendeu o jogador David Alaba por ter mostrado nas redes sociais a piscina, a sala de reuniões dos atletas, spa, local do pequeno almoço e quartos do Hotel onde a equipa está alojada.

Porque terá sido?
Certamente porque a segurança, em tempos de ameaças terroristas é uma coisa importante.
Ou não será?

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -