Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

O país do bacalhau que não sabota o pernil

Guida Masco
Uma personalidade conhecida que prefere o anonimato

Ponham mas é os olhos no Pinto da Costa que já vai nos 80 anos e aguenta uma de seis em seis meses ou mais ou menos ou assimÉ um desperdício só me apetece é empinar bolos-reis nos caixotes de lixo e tirar os sem-abrigo das ruas para os enfiar nas sedes dos partidos que esses sim estão ricos a mim que me pus a jeito desde o ciclo preparatório já tiraram tudo o que me tinham a tirar até o IVA e coisas menos declaráveis na factura e ainda hoje o Zezito Melga passa por mim e põe um sorriso besta desses de orelha a orelha mas escolas com arbustos dão nisto a Cristas que o diga que é danada para a brincadeira e agora arma-se em ceguinha do adro da igrejinha não vi nada ando cá por uma esmola e ainda apor cima a treinar para primeiro-ministro quiçá das Berlengas e isso até me faz recordar o presidente que desmaiava esse sim é que era um rei das Berlengas e Cagarras agora vem a mulher pô-lo de rastos a compará-lo ao actor que era homossexual como se o presidente que desmaiava soubesse o que é prazer ou cinema de qualidade ou oxalá não nos venha cá tentar pelo menos este ano não fez o discurso de natal nem o de ano novo os outros tinha a ajuda da esposa e da wikipédia e felizmente este ano também não veio o Passos o coelho em tempo de peru e bacalhau a desfilar coisas do género eu sou ultraliberal e sou feliz e canto no banho e faço minhas as palavras do António Saraiva a esquerda devia libertar o Governo da dependência da direita é pior que dar no crack e na branquinha eu sei que alguns partidos são pela liberdade do consumo e vêm aí as salas de chuto mas é mais IVA menos IVA e a direita faz muito pior à saúde e à economia e às finanças e à cultura e ao ensino e à administração interna e aos outros ministérios e a nós e às nossas reformas eu sei que tenho de trabalhar até aos 65 anos ou arranjar uma Tecnoforma mas de forma a não ser investigada a política parece o futebol é só aldrabices calotes e e-mails eu se fosse ao Ronaldo arranjava um Partido político cá em Portugal que é um país fantástico tirando as contas da EDP que afinal vão subir para ajudar os chineses pobres um País de madonas e giovanas antonellis e mónicas beluccis um País onde como diria Augusto Santos Silva nem temos poder para sabotar o pernil de porco embora nos orgulhemos dos nossos chispes e alcatras ponham mas é os olhos no Pinto da Costa que já vai nos 80 anos e aguenta uma de seis em seis meses ou mais ou menos ou assim e ponto final

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -