Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 23, 2021

O silêncio das Pedras

Beatriz Aquino
Formada em Publicidade e Propaganda. É escritora e atriz de teatro. Nascida no Brasil a viver em Portugal.

Seis poemas inéditos de Beatriz Aquino

Shaped

A forma
O poro
A chuva
O esquecido

Os séculos
O dilúvio
Os milênios
A seca

A sede
O poro
E por fim
E por fim,
O mudo grito.

 

 


Silenciado

O silêncio do mundo
O ai de Caim
O brado dos profetas
Os passos do Cristo
A marcha fúnebre e
a nupcial
O coturno do soldado
A dança do carnaval

O acervo
A arqueologia
A estupidez
A sabedoria

A febre e o frio
O estanque e o curso do rio
A erosão
O calafrio

Tudo cabe na pedra
Tudo cabe

 

 


Remota

À deriva,
O meteoro frio
Distante da órbita
Atravessado por estrelas apressadas

Pedra porosa e insípida
Gasta pelas mãos de deuses cínicos
Poeira-sina

O frio?
Nem isso

A dor?
Tampouco

O nada?
O nada?
Quem dera…

 

 


Lasciva

Afia a espada do bárbaro
Pole o calcanhar da donzela
Aquecida,
adormece a tez do tirano
Fria,
coalha o sangue dos aflitos

Na alcova, arranha as costas da prostituta
Na estrada, alivia o calor do peregrino
Na cachoeira, mata a sede da fera

E no final,
Acolhe a todos,
no escuro sem eco de suas grutas
e se faz lápide de homens e  bichos
Testemunha ocular e tátil
Cínica,
hermética,
e eterna

 

 


A primeira

O altar do rabino
Fóssil a rascunhar a ética humana
O estilhaço na cabeça da adúltera
A marca no rosto do desejo

O peso da mão que julga
A que rola pelos dedos frouxos da culpa
E que depois vira alicerce de casa
Brincadeira de criança
Parede de guardar incenso,
liturgia,
sermão
e nada mais…

 

 


Promiscua

Sutil e abrupta
Taberna e santuário
Passarela e claustro
Megera e santa
Madona e Madalena

Guarda nas entranhas
O coro e o lamento
A aleluia e a discórdia
Os hinos e as conspirações
As guerras e os evangelhos
A luxúria e a penitência
A hóstia e o sangue

 


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorCaminhar
Próximo artigoPalavras Acorrentadas
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -