Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Maio 26, 2022

A Minha Porta

Poema inédito de Alice Coelho

A Minha Porta

A minha porta tem calor
Paz e tranquilidade pura
O coração cheio de amor
Imenso carinho e ternura
A minha porta tem magia
Dum vento que sopra frio
Dentro da minha fantasia
E da chuva que dá arrepio
A minha porta está aberta
Ao mundo que sabe amar
Mesmo em estado alerta
E o coração a transbordar
A minha porta está fechada
A quem traga inveja vestida
A quem traga rosto de fachada
A quem traga palavra agredida
A minha porta
Está aberta a todo o Mundo
Com o olhar doce e profundo.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorLírios
Próximo artigoO mar
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -