Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Novembro 28, 2021

Poetas

Yvette Centeno
Licenciou-se em Filologia Germânica, e e doutorou-se com uma tese sobre A alquimia no Fausto de Goethe. É desde 1983 Professora Catedrática da Universidade Nova de Lisboa, onde fundou o Gabinete de Estudos de Simbologia, actualmente integrado no Centro de Estudos do Imaginário Literário.

Poema de Yvette Centeno

Poetas

Gongóricos
os poetas
correm
pela rua fora
tropeçam
pelo caminho
não se sabem
desviar
parecem baratas
tontas
tanta palavra
na boca
tão perdido
o seu destino
palavra puxa
palavra
e na sua boca
cheia
vai-se perdendo
o sentido
havia pedras
outrora
ajudavam a parar
mas os poetas
vaidosos
têm pressa
de chegar…

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorPercorro
Próximo artigoGrito do silêncio
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -