Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Um senador americano que incomoda muita gente!

Beatriz Lamas Oliveira
Médica Especialista em Saúde Publica e Medicina Tropical. Editora na "Escrivaninha". Autora e ilustradora.

A 19 de outubro escrevi uma Crónica publicada no Jornal Tornado com o título “As opiniões de Richard Black, senador de Virgínia, fazem-me pasmar!

Richard Black foi piloto nos fuzileiros navais dos EUA durante a Guerra do Vietname, ganhou a medalha Purple Heart. Fez 269 missões de helicóptero de combate.

O senador Black, é Republicano, e sublinhe-se, volta a dar a sua opinião sobre a situação na zona de IDLIB, na Síria, sobre a luta contra os terroristas que infestam a região:

Declarou que está na hora da al-Qaeda na Síria se render, apontando que os EUA dão apoio diplomático e militar à chamada “oposição síria” em Idlib, apesar das declarações do Departamento de Estado dos EUA.

O senador, em carta enviada ao Jornal Syria Times, há dois dias, a 27 de Fevereiro: “Estou bastante satisfeito com as notícias da província de Idlib. O exército sírio lutou com enorme coragem e com excecional habilidade tática”.

Khan Sheikhoun, cidade da região sul de IDLIB, localizada junto à estrada principal entre Alepo e Damasco e recuperada pelo exército sírio, foi uma vitória inesperada. O Senador sublinha:

“Isso refletiu um sério fracasso da liderança dentro da Frente al-Nusra. O súbito colapso de Khan Sheikhoun minou dramaticamente a resistência terrorista. A essa tomada da cidade seguiram-se combates que levaram à captura de Saraqib, que bloqueou o acesso dos terroristas à auto estrada M-5. e grande parte das rodovias M-4 “.

O senador que demonstra estar particularmente bem informado sobre os combates continua a apreciar “Na luta pela rede viária, a 4ª Divisão Blindada lançou ataques de apoio que rapidamente se transformaram em uma grande movimentação pelos subúrbios de Aleppo, que ainda estava nas mãos de Hayat Tahrir al Sham. Os rebeldes desanimados entraram em colapso e os terroristas foram completamente expulsos de Alepo. A rodovia M-5 foi aberta e o aeroporto de Alepo foi reaberto pela primeira vez desde 2012. ”

Os turcos, apoiados pela NATO, pelo menos em palavras, juraram retomar o terreno perdido.E também advertiram o ocidente europeu que se não fossem apoiados, pelo menos diplomaticamente, deixariam passar para a Europa os refugiados que têm no seu território.

Os refugiados continuam sempre a ser uma geringonça que serve de moeda de troca. Deixaram de ser humanos.

Mas nesta semana, quando os turcos organizaram a grande força-tarefa apoiada por tanques e atacaram Nayrab para obter o controle da interseção vital da rodovia em Saraquib, foram derrotados.

Segundo a informação síria a força turca perdeu 100 tropas de elite e alguns veículos blindados. Derrota enorme que não é um erro único. Os “rebeldes” ou os “terroristas” conforma são vistos por forças de interesses opostos, parecem cometer grandes erros de importância estratégica.

Por exemplo, quando conseguiram forçar o exército sírio a retirar de Nayrab, o exército sírio simplesmente abriu uma nova linha de ataque e capturou 12 novas cidades no sul de Idlib. ”

O Senador americano realçou o facto de a Frente Nusra ser organização militar terrorista dominante em Idlib, e seu comandante, Joulani, ser um terrorista que não esconde a lealdade lealdade à Al Qaeda. A Frente Al-Nusra ou Jabhat al-Nusra, também descrita como al-Qaeda na Síria ou al-Qaeda do Levante, é uma organização jihadista salafista que luta contra as forças do governo sírio. Fundada porAbu Mohammad al-Julani pretendia estabelecer um estado islâmico na Síria.

“Os EUA dão apoio diplomático e militar à chamada” oposição síria “em Idlib, apesar da proclamada recompensa de 10 milhões de dólares prometidos pelo Departamento de Estado dos EUA, no caso da captura do seu líder”.

A Turquia está por conta própria, ou por conta de interesses opacos.

O Senador americano refere relatos de dezenas de terroristas capturados quando tentavam fugir para a Turquia numa tentativa de escapar de Idlib.

“A Rússia permaneceu firme no apoio à Síria e controla o espaço aéreo sírio junto com a Força Aérea da Síria. Enquanto isso, os EUA estão preocupados com as eleições presidenciais de novembro. A Turquia que se arranje.

“Se a Síria capturar as rodovias M-4 e M-5, os movimentos dos ‘rebeldes’ serão severamente restritos. Eles estão com pouco espaço de manobra e os ‘civis rebeldes’ são comprimidos contra a fronteira turca”.

Ele concluiu dizendo: “Está na hora da Al Qaeda na Síria se render e acabar com o sofrimento do povo. Se eles se importassem com os civis que controlam, eles deporiam as armas e acenariam a bandeira branca da rendição.

Comparar as declarações do Senador Richard Black com as posições da NATO, é um exercício que recomendo. Se ao ler isto ficar com um valente torcicolo, a culpa não é nem minha, nem do Corona Vírus!

Assim, o chefe da NATO, Jens Stoltenberg, pediu na sexta-feira à Rússia e à Síria que interrompessem a ofensiva de Idlib e disse que a aliança militar se solidariza com a Turquia, que perdeu 33 soldados num ataque aéreo das forças do governo sírio.As forças do governo sírio, apoiadas pelo poder aéreo russo, lançaram um ataque para capturar a região de Idlib, no noroeste, o último território restante detido por rebeldes que são apoiados pela Turquia contra o presidente Bashar al-Assad no conflito de nove anos.

Os rebeldes de uns são os terroristas de outros.


Por opção do autor, este artigo respeita o AO90


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -