Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Novembro 30, 2021

A dança

Poema inédito de Alice Coelho

A dança

Dançam as bolas de bilhar
Ecoam conversas sem café
Palavras encalhadas no bar
Entre murmúrios de rodapé
Rolam e rebolam sem parar
Numa dança de movimentos
Num qualquer sítio a lembrar
Dos instantes teus momentos.
Com tacadas leves e certeiras
O jogo determina o seu rumo
Sem passar pelas bilheteiras
No filme mudo em desarrumo.

 


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorPega no meu sorriso
Próximo artigoTe julgo única
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -