Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Junho 19, 2024
- Publicidade -

Nome do autor

Vitor Burity da Silva

Professor Doutor Catedrático, Ph.D em Filosofia das Ciências Políticas Pós-Doutorado em Filosofia, Sociologia e Literatura (UR) Pós-Doutorado em Ciências da Educação e Psicologia (PT) Investigador - Universidade de Évora Membro associação portuguesa de Filosofia Membro da associação portuguesa de Escritores
183 Artigos
0 COMENTÁRIOS

Porque dizem que os filósofos acabam loucos?

Uma delas é que os filósofos se dedicam a questionar e a criticar as ideias e as crenças dominantes em sua época, o que...

A teoria da panspermia

Este ensaio explora a teoria da panspermia, que propõe que a vida na Terra se originou de microrganismos extraterrestres que viajaram pelo espaço em...

Como agem os juízes?

O Julgamento de Prometeu Prometeu estava acorrentado a uma rocha no alto do monte Cáucaso, onde todos os dias uma águia devorava o seu fígado,...

O lado obscuro dos políticos

A política é uma atividade humana que envolve a tomada de decisões coletivas para o bem comum. No entanto, muitas vezes observamos que os...

Fui despedido de uma Universidade (em Angola) onde lecionava por dizer verdades sobre o país

Eu formei-me em jornalismo em Portugal, doutorei-me na Itália, pós doutorei-me na Rússia e em Évora, Portugal. Sou professor catedrático em filosofia das ciências,...

A episteme do desesperado sem razão

Thomas Kuhn, em seu trabalho sobre as estruturas das revoluções científicas, também discute mudanças paradigmáticas que se alinham com estas epistemes (Kuhn, 1962). A...

A ditadura da democracia americana

A democracia é um regime político que se baseia na participação popular, na divisão de poderes e no respeito aos direitos humanos. A ditadura...

Porque a política vive de promessas

A política é a arte de governar e de administrar os assuntos públicos, tendo em vista o bem comum da sociedade. A política implica...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Ainda me lembro, Maria, tinha acabado de chegar de África e os zunidos frios se tornavam quentes, aquela praia fervia uma paz que tanto...

Ao Fundo Pitangas

Que possa eternizar-se o estado da madrugada, sempre. Não anseio nem desejo, sinceramente, o regresso repetitivo de outra manhã, geograficamente igual a todas as...

Ao Fundo Pitangas

E numa rua qualquer, sei lá, morri, numa esquina à caminho da escola, a manhã rompia num vagar tão lento que irritava e não...

Ao Fundo Pitangas

Ainda em mim as caminhadas difusas ao recôndito plasma, para sentir contigo o bramir fosco das vozes cruzadas entre beijos inventados, pensar verdades que...

Negacionismo cognitivo

Acredito cada vez mais na cegueira. Na surdez. Na crosta seca da cabeça a leste abençoando-se no mar mais escuro da vida beber o...

Ao Fundo Pitangas

Nas areias perdidas o tédio sente-se. O isolamento é doloroso e só o movimento das ondas deste mar salgado chega até eles. Os pés...

Ao Fundo Pitangas

Nas ruas, magotes de raros passos, de tudo e todos, ali seguindo todos os vãos, e nada vãos, todos os momentos como quem inventara...

Últimas notícias

- Publicidade -