Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Outubro 26, 2021

É ao lado da poesia que me quero

Beatriz Aquino
Formada em Publicidade e Propaganda. É escritora e atriz de teatro. Nascida no Brasil a viver em Portugal.

Poema inédito de Beatriz Aquino

É ao lado da poesia que me quero

É ao lado da poesia que me quero,
correndo livre no subjetivo das coisas,
surfando na bruma cintilante das altas vagas,
dormindo serena no escuro do mar revolto,
dançando na espuma que os deuses fazem quando amam.

É no correr dos rios selvagens que me encontro,
na água que se esfacela sobre as pedras rijas,
nas quedas vertiginosas de suas nascentes.
Quero o frêmito da boca dos peixes na piracema,
quero o olhar atônito do urso.

Quero o grito em meio à tempestade.
– E que raios e trovões testemunhem a minha rebeldia. –
Minha escrita não tem dono.
Nem a mim pertence.
Minhas palavras nascem do sopro das coisas não ditas,
do sentir que não se elabora.
É moeda que nada compra.
Voz que não se escuta.

Quero ser a trave nas retinas do mundo,
o cisco no olho do ditador,
a mão que afaga os amantes,
o ósculo que consola a viúva,
o abraço que acalenta a mãe que chora,
a canção de ninar sobre as cabeças das crianças do orfanato.

Maternidade, de Almada Negreiros

Quero o pulsar das coisas ínfimas, quase mortas.
Resssuscitar Ana Karenina dos trilhos,
recompor-lhe o vestido,arrumar-lhe os cabelos,
cantar parabéns em silêncio para Anne Frank,
fazer-lhe um bolo de aniversário,
tirar-lhe o espanto do peito.

Quero descer descalça as corredeiras do cosmos,
enxergar o berço da cupidez humana,
apontar meus mísseis para a fonte dos medíocres,
e cravar minhas unhas na jugular do medo…


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorVem…..
Próximo artigoSou
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -