Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Maio 26, 2024

Passos Coelho critica aumento do imposto sobre combustíveis

Joaquim Ribeiro
Joaquim Ribeiro
Jornalista

Oeste

Pedro Passos Coelho esteve na região Oeste esta Sexta-Feira, 12 de Fevereiro, para reunir com agricultores e visitar empresas do sector

Em Torres Vedras, o líder do PSD criticou o “intenso” aumento do imposto sobre os combustíveis, porque “vai ter impactos negativos nos transportes, na agricultura e sobretudo nas empresas exportadoras”.

Na freguesia de A-dos-Cunhados, uma das zonas com maior capacidade hortofrutícola do país, Passos Coelho visitou uma empresa produtora e esteve à conversa com o empresário Paulo Maria, proprietário de 12 hectares de estufas, a maior parte de tomate, todo destinado a exportação. Paulo Maria mostrou ainda uma nova estufa com um sistema inovador de aquecimento a biogás com caroço de azeitona, para potenciar o crescimento do tomate.

No local, Passos Coelho também discordou da aplicação do aumento do imposto ao gasóleo verde, que é exclusivo para agricultores, e confessou não entender o objectivo desse imposto se depois, segundo o Governo, esse montante cobrado vai ser devolvido. “Pede-se às pessoas que paguem mais impostos para que depois o Estado lhes dê mais dinheiro. Não tem uma grande explicação racional em termos económicos, não faz sentido”, afirmou.

O líder da oposição referiu que a agricultura é um dos sectores que vão ser mais penalizados por este aumento. Isso significa, na sua opinião, que nos próximos anos a agricultura portuguesa vai ser menos competitiva face aos congéneres europeus, apesar de ter ainda um grande potencial de crescimento e de exportação de produtos.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -