Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Janeiro 18, 2022

Se um dia…

Poema inédito de Alice Coelho

Se um dia…

Se um dia eu te esquecer
A lua deixará de brilhar
O sol não terá amanhecer
Os olhos não saberão olhar

Se um dia eu te perder
O amanhã não terá um rumo
O beijo não terá onde morder
O corpo ficará em desarrumo

Se um dia a vida me entontecer
Todos os dias serão renovados
Todas as noites irão acontecer
Sem pudores e gestos arriscados

Se um dia tu partires 
Leva contigo o livro de poesia
Para com o teu ego dividires
O amor em páginas de maresia.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorRespiro(te)
Próximo artigoVencidos sem luta
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -