Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021
- Publicidade -

Nome do autor

Christiane Brito, em São Paulo

Jornalista, escritora e eterna militante pelos direitos humanos; criou a “Biografia do Idoso” contra o ageísmo.  É adepta do Hip-Hop (Rap) como legítima e uma das mais belas expressões culturais da resistência dos povos.
123 Artigos
0 COMENTÁRIOS

Para Fernando, de Christiane: uma história real

Fernando é português, mora em Trás-os-Montes. Christiane é brasileira, mora em São Paulo. Fernando tem 19 anos, Christiane tem 14 anos. Fernando manda carta para...

Os possessos

"Se S. acredita, ele não acredita que acredita. Se ele não acredita, não acredita que não acredita." (Dostoiévski, "Os possessos"; cena do filme de Andrzej...

Como transformar uma Marcha em um Movimento

A “Marcha das Mulheres” contra Trump e pela igualdade de gênero foi o maior ato, em um dia de protesto, da história norte-americana. Reuniu...

Medo, me deixas louca!

19 de janeiro de 1982. Como sempre, amanheci tarde, com o radiorrelógio na cabeceira da cama já ligado. Demorei a levantar, antes conversei com...

Natal sem noz

Cadê a convenção não verbal de paz (e amor) que durava até 6 de janeiro, dia dos três reis magos, dia de apagar vestígio...

Confrontos na Cidade de Deus

As mortes teriam acontecido em confrontos durante uma operação que começou na noite deste sábado, 19, depois da queda do helicóptero da Polícia Militar,...

Saramago e as paredes de cristal do totalitarismo

Comunista e crítico feroz da ditadura e suas misérias, José Saramago não se deu ao luxo do descanso nem no túmulo. Dois anos após sua morte, o...

Tirem-nos tudo mas deixem-nos a música

Noémia de Sousa colaborou com "O Brado Africano", jornal da resistência, durante três anos, de 1948 a 1951; do esforço nasceu inspiração para a...

Virgínia Woolf: Todo artista vai à guerra

Virginia pensou na cobra e no sapo depois de assistir ao congresso anual do Partido Trabalhista, em 1º de outubro. O clímax do congresso...

Virgínia Woolf: Todo artista vai à guerra

"Uma cobra abocanha um sapo, que fica entalado na sua garganta. A cobra é voraz, o sapo não se entrega, a cobra engasga e...

Virgínia Woolf: Todo artista vai à guerra

Digo que foi um ato extremo de resistência e não de desistência, expressou o sofrimento que as guerras podem causar ao povo. E aos...

Quando o desejo de morrer é maior do que tudo

Homenagem ao meu primeiro professor, por acaso de yoga Concordo que as pessoas têm direito à escolha da morte, respeito demais os suicidas, gostaria de...

Brasil: Última chamada

Quando eu era criança, em férias escolares na cidade de Lorena, encontrei um livro sobre os milagres de Nossa Senhora de Aparecida. Achei maravilhoso o...

Voto em Haddad, mas faço exigências

  No Brasil, ressuscitamos o voto útil, tão criticado na origem. E, nos Estados Unidos da América, até mesmo líderes dedicados exclusivamente ao “despertar espiritual...

Roupa suja (não) se lava em casa

  Alguns militantes e candidatos políticos (tenho escutado) alegam que “roupa suja lava-se em casa”, apenas para manterem as aparências enquanto concorrem entre si por...

Últimas notícias

- Publicidade -