Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Agosto 2, 2021
- Publicidade -

TAG

guerra colonial

Angoche – Os fantasmas do império, de Carlos Vale Ferraz

Em Angoche — Os fantasmas do império, Carlos Vale Ferraz assina um romance ficcional baseado num mistério verdadeiro ocorrido em plena Guerra Colonial. Apesar da...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Ainda assim tudo isto é o cenário dos tempos que me adormecem cravados de silêncios pardos como colorir em mim uma sensação qualquer que...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Não mais lhe pergunto se conhece a minha dor. Esqueça-se de tudo que lhe tenha contado, parta devagar e não tropece nas fantasias destes...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

A morte vencida elabora uma partida para distâncias escuras como quadros velhos na esplanada que ainda ontem varriam mosquiteiros estendidos e copos vazios para...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

memórias transportam como naves soterradas nestas calçadas das tardes vadias na minha sacola de estudante ainda nesta coimbra de vestes negras onde paira a...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

desfilo os dedos contra a cara e suo como se descesse a calçada da estrela numa tarde de viagem por dentro de mim neste...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Agora lisboa nos braços, as vozes e os cantares das ruas entre aplausos e lágrimas, desço como quem renasce dos escombros e nos ossos...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Ouço o rugido do mercedes deslocar-se para bem longe e nós com as vertebras partidas numa sanzala qualquer numa terra sem nome e que...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Eramos muitos e juntos corríamos de um lado para o outro, o sabor da companhia, todos de olhos azuis como o velho que vendia...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Abre-se a cama e Carlos Gardel, de fundo o ditongo na voz escura deste rádio de madeira onde emblemas os decoram no salubre gesto...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Rodopia-se pelas aldeias desta lisboa de Pessoa e estátuas esfregadas no metal do tempo poisam sombras de imbondeiros velhos a secar ventos de saudades...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

O teatro sucumbe na floresta de moçâmedes onde escorpiões se escondem debaixo das pedras arrefecidas pelo esquecimento na picada involuntária de sonos distantes e...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Escute-me, não é para si que quero falar, preciso apenas que me escute e por favor não responda a nada. Porque vê filmes de...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

Ao longe as ondas do mar encurraladas por diques para que não invadam o quartel da ilha enquanto militares na parada desfilam novas tácticas...

Sobre as águas da vida o silêncio dói

eu longe a viajar nas matas escondido escrevo as cartas e releio centenas de vezes a mesma voz, a minha mulher ainda grávida acebei...
- Publicidade -

Últimas notícias

- Publicidade -