Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022
- Publicidade -

TAG

poema

Viagem

Poema inédito de Alice Coelho Viajei no tempo No passado andado No presente parado Preparei a viagem Ao futuro desenfreado Momento. E estou aqui e...

Recado sobre S. Tomé

Poema de Maria Manuel Menezes Leva-me no teu sonho! Aos verdes e águas da roça Santa Catarina! À foz do riozinho da tua praia, Ao...

Pausa

Poema inédito de Alice Coelho Uma pausa no tempo Um desviar do olhar Palavras não ditas Escritas. Notas não tocadas Ouvidas Um intervalo em silêncio Reflexões no pensamento E um revirar do momento Um...

O Lago!

Poema  de João de Almeida Santos para um ROSTO (inédito) de Filipa AntunesO LAGO! Vi teu rosto Nesse lago Do jardim Onde passava... Com os olhos Te gravei Na memória Dos afectos... Eras tu, Num...

Hoje

Poema inédito de Alice Coelho Hoje. Naquele mar azul Colhi o último abraço Que foi meu e teu Trouxe-o comigo Num só peito O mais perfeito E as ondas revoltas Acorrentaram-me as mãos Frias...

Cor!

Poema de João de Almeida Santos para um ROSTO (inédito) de Filipa Antunes COR! Regressaste Luminosa, Numa explosão De cor, Luz intensa Que inunda E me eleva, Meu amor! Vida que brota, Cintila, Arco-íris Que ilumina Da tristeza A despedida, Em...

Voo

Poema inédito de Alice Coelho Voei em fuga destrambelhada Percorri trilhos empedrados Rasguei-me perdida de saudade Senti a minha e a tua liberdade E em...

Tempo!

Poema, em seis andamentos, de João de Almeida Santos para um Rosto, de Filipa Antunes (Aguarela. Setembro de 2017) TEMPO! I. Como te vejo Recolhida Em ti, Glacial, Ausente, Irreal, Em fuga Do meu Presente! Não são rubras As tuas...

Tantas

Poema inédito de Alice Coelho Tantas foram as noites Que entraram pela janela Tantos foram os sonhos Que tocaram uma estrela Tantos foram os silêncios Que calaram nossos...

O Silêncio!

Poema de João de Almeida Santos. Ilustração: Livre intervenção digital de Rute Henriques sobre “Silêncio”, de J. H. Fuessli. O SILÊNCIO! O teu silêncio Alimenta-me A alma! Nele cresce Uma dor Quente, Arterial, Que me dilata As...

Pecado!

Poema, em cinco andamentos, de João de Almeida Santos. Ilustração: Intervenção digital de Rute Henriques sobre Anjo (pormenor da Libertação de S. Pedro), de Giovanni...

Tenho as mãos cheias de ti

Poema inédito de Alice Coelho Tenho as mãos cheias de ti Das palavras de longe Dos olhares sedutores Dos sorrisos endiabrados Da voz suave e...

Gastas-me a pele tão polida

Poema inédito de Alice Coelho Gastas-me a pele tão polida Com o suor que me desnuda Com a língua viscosa e ferida Nos silêncios tatuados...

O Terraço!

Poema de João de Almeida Santos Ilustração: foto de João de Almeida Santos e composição digital de Rute Henriques. O TERRAÇO! É daqui, Deste terraço, Ó deusa!, Que eu te vejo... ................. Com...

Hoje

Poema inédito de Alice Coelho Hoje. Naquele mar azul Colhi o último abraço Que foi meu e teu Trouxe-o comigo Num só peito O mais...
- Publicidade -

Últimas notícias

- Publicidade -