Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Outubro 26, 2021
- Publicidade -

Categoria

Deleituras

A entusiasmante procura das desaparecidas

Desde logo é anunciado como se tratando de uma obra destinada aos fãs de A Rapariga no Comboio de Paula Hawkins. Contudo, na nossa...

Este Natal ofereça o Islão

Nem as fronteiras do mundo nem as fronteiras do homem estão definidas, estando hoje incertas como nos momentos mais incertos, e uma aparente bonança...

Não deixar apagar a memória

..., recontando os momentos cruciais que marcaram a ascensão e queda do III Reich de Adolf Hitler, é cada vez mais importante e fundamental...

Das boas leituras estivais que fiz

Eu, em férias, sou um adepto fervoroso das esplanadas. Vou à praia, mas paro na primeira esplanada que me acene com uma cerveja gelada....

O romance para o tempo apropriado

Mas, sim, o tempo certo chegou: é que surgiram as primeiras chuvas e cheira a Outono. Eis o tempo apropriado para pegar num romance...

Fomos revolucionários mas perdemos a revolução

Refiro-me a Um Tratado Sobre os Nossos Actuais Descontentamentos e o seu último livro de memórias, O Chalet da Memória, já ditado no apogeu...

A espiritualidade clandestina habita o ensaísta

Pugnando de imediato neste texto pelo seu a seu dono, apetece citar Manuel Frias Martins desde já e como mote do que se segue....

Os ricos que paguem a crise (que promoveram!)

Apareceu em 2009 uma reedição da mesma obra, com um título mais próximo do original mas também muito próxima do título apropriado a um...

Tantos manuais de auto-ajuda e eu não me sinto muito bem…

Não sabemos a que mercado em concreto se refere o filósofo esloveno, mas a afirmação pode aplicar-se ao mercado português dos livros, onde a...

O que se passa com a cultura?

Quando estou a ler a Correspondência de Fernando Pessoa (Fernando PESSOA, Correspondência 1923-1935, Lisboa, Assírio & Alvim, 1999, 477 pp.) não posso deixar de...

O porquinho Reboredo queria uma vida nova

  Até se podia dizer que era diferente da maioria dos porquinhos da sua idade.Desde muito novo que fazia perguntas à mãe porca sobre a...

As escolhas de um leitor

Gosto do colorido das capas, mas também de capas sóbrias. Gosto do livro composto e fico preocupado se surge algum rasgão na lombada ou...

E se o Estado Islâmico dispusesse de uma arma de destruição maciça?

Existem livros para todas as ocasiões, para todos os espaços, para todos os intervalos de tempo. Se só disponho, naquele dia, de meia hora...

Uma companhia a não perder

Uma das regras de construção do thriller, e nomeadamente dos romances de espionagem, é o seu caráter polifónico, o aparente desconcerto inicial duma narrativa...
- Publicidade-

Últimas notícias

- Publicidade-