Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Setembro 25, 2021
- Publicidade -

TAG

Fundo Pitangas

Ao Fundo Pitangas

A minha vontade é mandá-los bugiar e visitar um amigo dum bairro qualquer e comer sentado como se de gente se tratasse. 20 - Do lado...

Ao Fundo Pitangas

Cores de mar abeiçam copos, bebo noites no vulgar. Sou assim um ar de nada como a águia do torpor sobre as casas moribundas,...

Ao Fundo Pitangas

Quase madrugada. O suculento frio entra pelo escuro e encantador dilúvio de estrelas, que preenchem por completo o constelado céu, que se murmura cintilante 18 Sobre...

Ao Fundo Pitangas

E numa rua qualquer, sei lá, morri, numa esquina à caminho da escola, a manhã rompia num vagar tão lento que irritava e não...

Ao Fundo Pitangas

Não sei de facto como devorar com passos o escuro que busco, mas que seguir é mesmo lema, que importa não haver quem comigo...

Ao Fundo Pitangas

Jardins, entrelaçados com o silêncio, charcos azedos a chapinhar no medo, rostos quase já não, vento e pouco mais, fantasia e eu, a entrar...

Ao Fundo Pitangas

Nas ruas, magotes de raros passos, de tudo e todos, ali seguindo todos os vãos, e nada vãos, todos os momentos como quem inventara...

Ao Fundo Pitangas

Vivo nestes cobertores quentes, desta vida estimulada pelas mãos da noite. Cubro-me quente e repito o sono. Repenso os planos da vida e descanso. 13 As...

Ao Fundo Pitangas

Passo, quase indiferente, parcialmente consciente e quase ali presente, resvalo as margens com história, as margens que brilham um silêncio invulgar, ou da janela...

Ao Fundo Pitangas

Escuto do longe o voo rendido das andorinhas. O telhado húmido numa silhueta lúgubre, não os meus passos, em mim ninguém manda a não...

Ao Fundo Pitangas

O telefone rangia na mala a tua filha mãe estás onde?, nua, nas minhas mãos o curso contigo e Lisboa sem sons que importavam,...

Ao Fundo Pitangas

Um dia, o desejo de partir num voo rasteiro arredondando a falésia como a cor dos flamingos, ao longe, largar este cansaço na alma,...

Ao Fundo Pitangas

Quatro montinhos de areia a fazerem de baliza e eu nada daquilo entendia, que falta de jeito para o futebol sempre tive. 8 Quatro montinhos de...

Ao Fundo Pitangas

Como dois amigos, sabes, aqui sentados nestes troncos à beira da estrada, fala da tua vontade ou tuas vontades. 7 Bem cedo o sangue mergulhava as...

Ao Fundo Pitangas

Perguntava-lhe sem levantar os olhos da folha de papel onde devagar, escrevia sonhos de criança em verso e rima, perde-se a tinta, o tempo,...
- Publicidade -

Últimas notícias

- Publicidade -