Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Outubro 17, 2021

A Floresta

Carlos Narciso
Jornalista

Crónica-Vídeo

As políticas economicistas já vêm de longe e no caso do desordenamento florestal remontam, pelo menos, aos anos 70 do século XX, quando eu era miúdo. Nessa época, Portugal era um país de pinhais e os fogos apagavam-se sem a ajuda de aviões ou helicópteros. Os bombeiros chegavam para as encomendas. Só me lembro de um grande fogo, na Serra de Sintra, no final da década de 60, onde o meu pai andou uma semana. Hoje, incêndios de grande dimensão são diários. E há quem queira fazer acreditar que o eucalipto (como potenciador dos fogos) não está relacionado com isso.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -