Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Filme “Dark Waters – Verdade Envenenada” denuncia indústria de químico

O filme, realizado pelo norte-americano Todd Haynes, conta a história verdadeira de um advogado, Robert Billot, que levou a tribunal uma das maiores empresas de produtos químicos do mundo, a DuPont, que teria despejado substâncias tóxicas em vários cursos de água potável na Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Os mesmos químicos continuam a ser despejados em muitos locais na Europa. Foi por isso que “Dark Waters – Verdade Envenenada” foi apresentado no parlamento europeu em Bruxelas. Igualmente presente esteve Robert Billot, o advogado que serviu de inspiração ao filme.

É uma história que nos afeta a todos, e todos na Europa também. Estes químicos estão dentro de todos nós, no nosso sangue, há crianças que nascem com estes químicos. É uma história que vai para além do que acontece nas quintas da Virginia. Afeta todos… os químicos foram detetados na água potável e também no nosso sangue por todo o mundo”.

Estes químicos podem afetar o crescimento do cérebro, provocar cancro e defeitos de nascimento em crianças.

Um escândalo ambiental e de saúde que o realizador transformou numa história de suspense.

Quando se entra na narrativa da história sentimos o que o advogado sentiu e os passos que deu para revelar a história, enfrentando os perigos e intimidação que uma pessoa sente ao enfrentar uma empresa grande e muito protegida como é o caso da Dupont. Coloca o espetador dentro dessa experiência”.

 


Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -