Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Setembro 18, 2021

Marco António Costa reapareceu na noite eleitoral

marcoAcosta
O porta-voz do PSD foi o primeiro dirigente do partido a falar sobre a vitória da coligação PàF, depois de ter passado a campanha na sombra e longe dos holofotes. O também vice-presidente do partido evitou as multidões, as arruadas e o contacto directo com o povo, mas esteve sempre presente durante a campanha a trabalhar nos bastidores. Marco António não se expôs. Circulava dentro de um carro com vidros fumados, de onde comandava muitas das acções de campanha. Nem no distrito do Porto, onde é o segundo elemento da lista do PSD, Marco António esteve muito visível nas arruadas, ao contrário do que sempre aconteceu em eleições anteriores. Em locais fechados, o porta-voz do PSD manteve-se entre os apoiantes, também sem grande visibilidade nem protagonismo.

Mas não foi por acaso. Marco António Costa podia gerar um incómodo na campanha e Pedro Passos Coelho optou por mantê-lo na penumbra por causa na investigação que corre sobre o vice-presidente do PSD.

Marco António Costa está a ser investigado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto, na sequência de uma denúncia feita por Paulo Vieira da Silva, antigo dirigente do PSD-Porto, e que deu origem ao inquérito de alegados crimes de tráfico de influências durante os mandatos na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Há cerca de três meses, Paulo Vieira da Silva enviou uma carta à Procuradoria-Geral da República a descrever uma alegada rede de influências de Marco António Costa na autarquia e empresas municipais, onde terá beneficiado amigos e pessoas da estrutura partidária. Paulo Vieira da Silva também tornou públicas estas denúncias nas redes sociais.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -