Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Maio 29, 2024

Homenagem ao cineasta António-Pedro Vasconcelos

JOSE COELHO / LUSA
A escolha justifica-se por este ser “um dos melhores realizadores nacionais” e pelo festival se rever “na arte” do autor de Adeus, até ao meu regresso, Jaime e Os gatos não têm vertigens, disse o director-geral do festival, Luís Albuquerque, nesta terça-feira, na apresentação do evento.

Este ano “estão inscritos mais de 188 filmes provenientes de 24 países”, entre os quais (Portugal, Estados Unidos, Brasil, Espanha, Rússia, Singapura, Índia, Japão, Irão, Peru, Indonésia, México, Egipto e Turquia), quando ainda faltam 4 meses para o festival, anunciou o responsável pelo festival.

“A organização vai ser mais criteriosa na selecção”, porque na última edição foram mais de 116 filmes a concurso, um número ainda muito elevado para visionar tantos filmes em tão pouco espaço de tempo, pelo que este ano, a selecção final terá de ser ainda inferior “para melhorar a qualidade”. “Este terceiro ano é decisivo para o crescimento do festival”, adiantou Luís Albuquerque.

Fig Foz cinema

 

O Figueira Film Art 2016 mantém a concurso filmes nas categorias de Longa-metragem (ficção e documental) e nas curtas-metragens (ficção, documental e vídeoclip), havendo ainda espaço para a categoria Escolas que, dado o sucesso anterior é extensivo a todos os países visto já terem sido submetidos 22 filmes para esta categoria.

A programação inicia-se a 1 de Julho no Salão Caffé do Casino Figueira, com a realização da ”Gala Figueira Film Art”, onde será conhecida a agenda final do festival.

Para além das sessões do festival, estão programadas ainda outras iniciativas como colóquios, a realização de sessões, em Agosto, de cinema ao ar livre, no Forte de Santa Catarina, e ainda, uma exposição, entre Agosto e Setembro, sobre o espólio e recordações de José Poeta, um dos principais animadores do antigo Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz (1972-2002).

A 3ª edição do Figueira Film Art tem um orçamento de 50 mil euros e conta com o apoio da autarquia em 2.500 euros e ainda com os apoios do CAE, Casino, Junta de freguesia de Buarcos e S. Julião, Octágono, Sweet Atlantic Hotel, Glassdrive, ACIFF, Casa Havanesa, Restaurante Olaias, Bombeiros Municipais, SIT entre outros patrocinadores.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -